Monday, March 31

U2 3D



video

http://www.u23dmovie.com/




Uma das maiores e melhores bandas da actualidade apresentou-se esta semana, nos cinemas Portugueses, num conceito completamente inovador. U2, assim se chama a banda nascida nos anos 70, chegam assim a todo o mundo num formato 3D, ou pelo menos a todas as salas equipadas com esta tecnologia. Durante os seus 85 minutos de duração, Bono, The Edge, Adam Clayton e o baterista Larry Mullen Jr. desfilam um sem fim de músicas, entre as quais Sunday Bloody Sunday, Vertigo, One, With or Without You, Miss Sarajevo, Love and Peace e Where the Streets Have No Name, de forma absolutamente fascinante e capaz de contagiar o menor dos fãs da banda. Isto claro nunca esquecendo, até porque fazem questão de nos lembrar, que a sonoridade "rocker" a que já nos habituaram e as letras por demais explícitas dos seus ideais não vêm só e por isso mesmo mostram também aqui a sua activa vertente social e politica que os acompanha onde quer que vão, afinal U2 não é só rock, não é só letras, não é só música, não é só imagem... Mas deixando de parte aquilo que constitui parte da sua essência e regressando ao que nos é apresentado em U2 3D, desde o início, marcado pelos primeiros acordes de Vertigo e pelo som da voz de Bono a lançar o mote com "uno, dos, tres... catorce", que o nosso pé começa automaticamente a agitar-se de forma compassada ao ritmo da música só parando no final, muito depois dos créditos e do regresso inesperado ao palco com yahweh. À saída tanto a música como toda a experiência acabada de viver, essas teimam em ficar presentes na nossa cabeça, afinal não é todos os dias que se assiste confortavelmente ao concerto, no melhor lugar de todos e com Bono e The Edge à nossa frente, literalmente a um palmo de distância. O som é fantástico, o sistema de luzes é brilhante, o cenário é grandioso e o seu enquadramento bastante original, os efeitos, a chama que se acende no centro da plataforma (até pelo momento em que tal acontece), são surpreendentes, o vocalista, mais uma vez Bono, soube utilizar e aproveitar bem o 3D proporcionando momentos de autêntica proximidade e intimidade com o espectador, também com a ajuda da alteração no registo da sonoridade do momento, afinal gira tudo em volta de quatro palavrinhas mágicas See, Hear, Feel, Experience, todas elas centradas em nós, o consumidor... peço desculpa o espectador! Em suma, e no meio de tanta grandiosidade demonstrada e experienciada, a única coisa que deixa a desejar neste "concerto" é a necessidade de auto-controlo para não nos levantarmos do assento, agitar o corpo e entoar todas as músicas "alto e a bom som", é que para os mais distraídos ou até entusiastas aqui fica o aviso, na realidade continuamos a estar na sala de cinema em frente a um ecrã!


Set List do filme:



"Vertigo"

"Beautiful Day"

"New Year's Day"

"Sometimes You Can't Make It on Your Own"

"Love and Peace or Else"

"Sunday Bloody Sunday"

"Bullet the Blue Sky"

"Miss Sarajevo"

"Pride (In the Name of Love)"

"Where the Streets Have No Name"

"One"

"The Fly"

"With or Without You"

Bonus Track: "Yahweh"

2 comments:

Tiggs said...

Tokinhasss! Mas que bela prova de amor para com os teus U2zinhos :P textinho giro e bem descritivo da experiência que passaste... apesar de não me suscitar muito interesse pela banda que se trata ne... :P

Mas parabéns pelo blog, já vi que o upgradaste, ficou muito giro :P beijinhossssssssssssssssssss *************

AnaWicca said...

Querias era o gajo no teu colinho!! POOOOOORCA! :P ********************
adorei partilhar esta experiência contigo!*